Um doloroso recomeço

Quando acabo a minha época as sensações nos últimos treinos são sempre más. Depois quando recomeço a preparação para a nova época julgo que os primeiros treinos vão ser um espetáculo e que as boas sensações vão voltar! Uma ideia totalmente errada e que após os primeiros metros recordo algo que já me é familiar de “outras primaveras”. Que dureza é recomeçar do 0, pois segundo os entendidos, após 21 dias sem atividade física voltamos ao ponto de partida.

Este ano voltei a um método de treino mais “old School”, ou seja, vou dar prioridade nestes primeiros treinos às caminhadas, corridas, idas ao ginásio, treinos de btt, treinos em bicicleta de estrada e também espalhar um pouco de classe nos relvados sintéticos, pois Graças a DEUS tenho dois pés direitos ( hihihi ).

Nos primeiros treinos desta minha pré-época, a única coisa que há de semelhante a todas as outras é que o pulso sobe com muita facilidade. Um motor V12 irá ser sempre um V12, mesmo que esteja desafinado. O problema é que o chassi pode não aguentar e o resultado disso é que ando os primeiros dias todo espalmado por ir a cima das minhas possibilidades, lol.. mas isto é o meu instinto que não sabe andar devagar!

Mas… nem tudo é mau no regresso aos treinos. Há sempre um lado bom. E em que podemos treinar acompanhado de quem muitas das vezes me apoia ao longo do ano 🙂

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.