Volta ao Algarve

Desde que sou profissional que nunca falhei uma edição da nossa “Algarvia”. A estreia foi no ano de 2005 com as cores da Carvallelhos-Boavista, equipa onde fiz os meus primeiros 5 anos de profissional!
Nas 15 edições em que estive presente ja consegui pódios, lugares entre os 10 melhores, mas infelizmente este ano não consegui melhor que o 39º lugar da classificação geral. Por vezes as coisas não saem da forma como desejamos!

9Z1A2643

O percurso foi muito semelhante às edições anteriores, o que de certa forma tira um pouco o espetáculo e emoção à competição, pois já sabemos as “armadilhas” que vamos ter pelo caminho. Na minha modesta opinião e sei que ” vale o que vale”, é que ja é altura de mudar um pouco o figurino da competição, como por exemplo: começar com um prólogo, que é sempre uma disciplina que dá um excelente show televisivo, ou com crono por equipas, etc… há sempre uma forma ou outra de mudar!

Mas voltando ao tema do post que é a minha Algarvia. Não começou nada bem pois, uma queda coletiva na primeira etapa fez com que começasse logo a perder terreno. Graças a DEUS que não me magoei, pois houve ciclistas que ficaram mal tratados. Depois na chegada em alto na Foia, cedi ainda mais terreno para os meus adversários.

9Z1A1698

No crono resolvemos experimentar algo diferente, visto já estar arredado de qualquer lugar na geral individual.

9Z1A2095

A chegada a TAVIRA, cidade onde esta sediada a nossa equipa, o objectivo era seguir o pelotão e poupar. Mas nem nisso tive sorte, pois a 15kms da meta, numa estrada onde eram mais os buracos que o alcatrão, tive um furo e tive de sofrer para reentrar novamente no pelotão.

No dia do mítico Malhão, que voltou a ser o palco final da Algarvia, tentei ir na fuga mas não consegui. Depois foi seguir o grupo até onde as pernas deixaram, que foi a cerca de 35km do final onde, após a primeira subida ao alto Malhão, o grupo do camisola amarela encostou um pouco mais a berma e fui uma das vitimas, sendo depois “repescado” por um grupo que vinha mais atrasado.

Agradeço a todos os que me incentivaram na subida, foram formidáveis!

Em suma foi uma vez mais uma volta ao Algarve longe do que gostaria de ter feito e para o qual trabalhei. Mas a vida é assim. Nem sempre o esforço e o trabalho de casa se refletem nos resultados.

Agora fazer um “reset” e siga para a frente…. pois para a frente é que é o caminho 🙂

9Z1A1417

 

9Z1A2644

2 Replies to “Volta ao Algarve”

  1. Força campeão…o que importa é estares afinadinho para a Grandissima e que a sorte esteja do teu lado… até lá há que controlar as emoções e deixar os “caes ladrar”

  2. Força Tiago pelas palavras humildes e sábias se vê a tua grandeza, e como dizes temos que fazer o nosso trabalho e tb e preciso que a estrelinha da sorte ande por perto. Cabeça pracima que a próxima vai ser a melhor!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.