Circuitos, a verdadeira festa do ciclismo

Após o final da Volta a Portugal muita gente pensa que acaba o ciclismo em Portugal, mas isso não é verdade, pois mal tivemos tempo para respirar e já estávamos novamente de dorsal às costas no GP Mortágua!

E com o GP de Mortágua iniciávamos uma fase de algumas corridas. O GP de Mortágua disputou-se no sábado, dia 17. No dia 20 circuito de Alcobaça, a 24 Póvoa da Galega, a 25 Malveira e por fim, dia 26 Nafarros!

GP de Mortagua disputou-se num percurso bem duro e onde se rolou bem rápido, para ser sincero mais parecia a etapa 12 da Volta a Portugal :). Foi uma prova, que à semelhança de todas as outras que já disputei, neste meu regresso a Portugal foi muito atacada. Tentei estar atento e ir para a fuga, mas sem sucesso! No pelotão trabalhava a equipa da Efapel e na última volta a fuga viria mesmo a ser anulada e nova “guerra” na última subida … Sucediam-se os ataques, contra ataques, onde também tentei a minha sorte, mas sem sucesso! Escaparam-se 3 ciclistas já bem perto da descida que nos levava para a meta e tive de me contentar com o 4º lugar.

69510815_2148698518763003_678046182076841984_o

68999774_1336620753182119_6828560051414761472_o

Passados 3 dias voltamos novamente à competição, com o tradicional circuito de Alcobaça. Quem conhece este circuito sabe que é dos mais duros, pois é pequeno (apenas 2,5km por volta ) e tem uma subida curta, mas bem inclinada! Desde o tiro de partida que foi uma prova muito atacada, e após 3 voltas formou-se um grupo de 7 ciclistas, onde Eu ia inserido. Como imaginam num percurso assim não se dá muita vantagem à fuga e foi o dia todo a top, mas com a fuga a ter sucesso finalizando Eu no honroso 5º lugar.

69004253_1339155612928633_5224483044458496000_o

68712883_1339155769595284_1687644761160155136_o

Mais uns dias de descanso e rumamos até a zona Oeste do país, para um fim de semana prolongado de circuitos. Começamos na Póvoa da Galega, onde nunca tinha participado, pois é um circuito que é recente no panorama do ciclismo nacional. Adorei! Foi muito bem organizado. Almoço e jantar com todas as equipas num pavilhão, que demonstra bem que este tipo de provas é mesmo a verdadeira festa do ciclismo. Quanto à competição – um percurso selectivo e algumas partes mais técnicas. Aqui desde cedo fui a luta, entrei em algumas fugas, até fazer parte do grupo que viria a decidir a prova. Na última subida tentei a minha sorte juntamente com o Luis Fernandes, mas sem grande sucesso, pois a menos de 2km do final fomos apanhados e no sprint final não consegui melhor que 10º lugar.

69285165_1341936855983842_8082601389865304064_o

No dia a seguir foi o famoso circuito da Malveira. É considerado por ciclistas e ex-ciclistas, como o mais duro. Não pelo seu percurso, que apenas tem uma ligeira subida de 300mt a 4%, mas sim porque é muito rápido. Foram 55km à velocidade média de 50km/h!!! Neste tipo de percurso e embora tenha ganho este circuito em 2007 (ainda não sei como o fiz :D) muito pouco poderia fazer, a não ser ajudar meus companheiros a tentar ter um elemento na prova por pontos da parte de tarde na pista da Malveira! Conseguimos o objectivo pois o Aleksander ficou nos 15 primeiros e assim ficou apurado – pois apenas os primeiros 15 iam a essa prova! Ainda tive de participar na prova por eliminação, mas cedo saí de cena pois como diz o ditado ” ovelha não é para o mato”.

69180637_1342597949251066_5878394942010687488_o

Terminamos os circuitos de 2019 em Nafarros, local onde ja fui muito feliz, pois ja ganhei  por uma ocasião e faço 2º em edições anteriores. Mas este ano não consegui melhor que o 15º lugar! A Equipa tudo fez para que tivéssemos na luta, e até ao último km ainda podia lutar por um lugar honroso, mas não tive capacidade.

Agora recuperar bem que no dia 1 de Setembro é dia de Clássica de Albergaria, partida está marcada para as 11h45, na Alameda 5 de outubro (Albergaria), estando prevista a chegada no mesmo local para as 15h30, depois de percorridos 155 quilómetros!! Venham daí apoiar os bravos do pelotão 🙂

69862471_2501606549861404_2876153544442904576_n

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.